Mais uma semana para a definição sobre os rumos do MDB catarinense

.

Publicidade camara_blu_hz
Foto: divulgação

O maior partido de Santa Catarina ainda não tem pré-candidato ao Governo do Estado, faltando quatro meses para a eleição, o que impede a tentativa de aproximação com outras siglas em busca de coligações.

O presidente estadual e deputado federal Mauro Mariani tenta emplacar seu nome há pelo menos um ano e meio, mas a indefinição por parte do governador atrasa o processo. Pelo cargo que ocupa, Pinho é um nome natural, mas evita colocar seu time em campo.

Nesta segunda-feira, uma reunião da Executiva Estadual ampliada na capital tentou colocar fim ao suspense. Mariani, Pinho e outras lideranças importantes do partido em Santa Catarina chegaram ao consenso que já passou o tempo para definir  um nome. O governador sugeriu então mais uma semana para uma posição oficial. O tempo servirá para avaliar cenários e buscar um consenso.

Será uma semana de muita conversa e avaliação dos bastidores. Mariani dificilmente abrirá mão da pré-candidatura e já anunciou até a intenção de realizar prévias para definir o candidato do partido, isso caso Pinho Moreira anuncie claramente intenção de candidatar-se.

E assim caminha o MDB, que demora até para ser acertar internamente, as vésperas do pleito. Sorte do partido que os adversários não conseguem decolar.

3 Comentário

  1. O partido sem personalidade que se alia a qualquer sapo barbudo para não ficar de fora das tetas do governo, não terá problema algum. A seu devido tempo se aliará a qualquer coisa.

    Quem aposta?

    “Sem personalidade”, pois se não, vejamos:

    1) MDB;
    2) PMDB;
    3) MDB.

    Esperem, leitores, a quarta sigla…

    Defenestrá-los-ei!

    Alcino Carrancho
    (O Sábio)

Deixe uma resposta