Mais de duas mil pessoas se vacinam contra febre amarela em Blumenau neste sábado

Foto: reprodução Google

Ao todo, 2.361 doses de vacina de febre amarela foram aplicadas no último sábado, dia 16, quando quatro ambulatórios da cidade ficaram abertos para vacinação. Desde o dia 25 de fevereiro a Prefeitura de Blumenau, por meio da Secretaria de Promoção da Saúde (Semus), intensificou as ações para vacinar o maior número de pessoas contra a doença.

Funcionaram neste dia os ambulatórios da região do Garcia, Itoupavas, Fortaleza e Velha, que registrou o maior número de doses aplicadas, totalizando 790. Durante está semana, entre os dias 18 e 22, os sete Ambulatórios Gerais (AGs) seguem com as salas de vacinação funcionando em horário estendido, até as 20h30. A população pode se vacinar em outra unidade que não a sua usual de referência. É importante portar a carteira de vacinação, para correta atualização, e um documento de identificação.

Os números deste Dia “D” de vacinação contra a febre amarela são considerados bons, principalmente se comparados às primeiras semanas da intensificação das ações, quando no horário estendido foram vacinadas cerca de 1,8 mil pessoas após as 17h, nos AGs. “Ainda precisamos de uma adesão maior da comunidade, para que Blumenau fique livre da febre amarela. O mosquito transmissor está no estado vizinho do Paraná, por isso é importante que todos estejam protegidos quando o vírus chegar, e a melhor forma é a vacina”, orienta Rosana Benvenutti, gerente da Vigilância Epidemiológica de Blumenau.

A vacina é indicada em dose única, ou seja, apenas uma aplicação protege pela vida toda. Podem vacinar pessoas de nove meses a 59 anos de idade. Acima de 60 anos é necessário apresentar prescrição médica. Em 2018 foram aplicadas 53.411 doses da vacina contra a febre amarela. Neste ano, já foram contabilizadas mais de 17 mil pessoas imunizadas contra a doença em Blumenau.

Empresas com mais de 100 funcionários que tiverem interesse em receber equipes de vacinação contra a febre amarela em suas unidades também podem fazer contato para agendamento com a Vigilância Epidemiológica pelo telefone 3381-7901.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta