Hospital Santo Antônio limita realização de cirurgias pediátricas

O Hospital Santo Antônio, principal referência de atendimento pelo SUS em Blumenau e região, decidiu limitar em 12 o número de cirurgias eletivas pediátricas por mês, 10 na cidade e duas vagas reservadas para os demais municípios.  A medida vale a partir de fevereiro, mas não prejudicará quem tem cirurgia marcada no mês.

É o que está previsto no contrato com o Governo do Estado.

A administração alega que estava fazendo um número bem maior de cirurgias pediátricas, que deveriam ser cobertas pelo “extra-teto”, mas não estão sendo pagas. Em 2018 foram realizadas 293 cirurgias, mais que o dobro do previsto em contrato.

Interessante agora é a falta de interlocutores do hospital com o Governo do Estado. Sem representante da ADR e com Governos novos, falta interlocução.

Nesta semana,  o vereador Professor Gilson (PSD) e o deputado estadual Kennedy Nunes (PSD), que tem base eleitoral em Joinville, estiveram no local e prometeram criar um canal de diálogo. Quem fazia isso até pouco tempo era o ex-secretário executivo, Émerson Antunes (PSD).

Na reunião, o vereador Gilson soube de outras pendências que o HSA tem, em especial com o Município, assunto para outra postagem.

Na próxima semana, a direção do hospital reunirá-se com o secretário municipal Marco Bramorski e está tentando audiência com o Secretário Estadual de Saúde, Helton de Souza Zeferino.

A TVL cobriu a visita do vereador e você confere aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta