Frente Parlamentar em Defesa do Vale do Itajaí é instalada na Assembleia Legislativa

FOTO: Luca Gebara/Agência AL

Integrada por 10 deputados, a Frente Parlamentar em Defesa do Vale do Itajaí foi oficialmente instalada na manhã desta terça-feira (19), na Assembleia Legislativa, em uma reunião que contou com a presença de prefeitos – entre eles o de Blumenau, Mário Hildebrandt (sem partido) -, presidentes de câmaras de vereadores e representantes das associações de municípios que compõem a região.

Conforme o deputado Ricardo Alba (PSL), idealizador e coordenador da frente, caberá ao grupo de parlamentares somar esforços em prol da região. “Esta é uma bandeira suprapartidária em defesa do cidadão do Vale do Itajaí. Contamos com 53 municípios, 1,8 milhão habitantes – quase 25% da população catarinense – um dos maiores PIBs de Santa Catarina, e merecemos realmente ser muito mais ouvidos pelo governo do Estado.”

Na ocasião, Mário Hildebrandt, que também preside a Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí (Ammvi), afirmou que apesar de todo o seu peso econômico e populacional, a região ainda conta com inúmeras demandas.

FOTO: Luca Gebara/Agência AL

Entre elas, ele citou a melhoria do porto de Navegantes e dos aeroportos de Blumenau e Lontras, a criação de um hospital regional e, sobretudo, a duplicação da BR-470. “Na realidade as nossas carências são generalizadas, mas a questão da BR-470 é o principal gargalo do nosso desenvolvimento. Nós hoje estamos prejudicados tanto no crescimento industrial quanto no turismo, que é um dos grandes potenciais do Vale do Itajaí, por total falta de condição de acesso.”

Ele afirmou, entretanto, que vê a criação da frente como um passo positivo para o encaminhamento das pautas comuns aos municípios do Vale do Itajaí.  “Quero parabenizar todos os deputados pela organização dessa frente parlamentar. Esperamos, juntos, atingir o objetivo de ajudar a população das nossas regiões”.

Também participaram da reunião os deputados Laércio Schuster (PSB), Ivan Naatz (PV), Jerry Comper (MDB), Milton Hobus (PSD), Paulinha (PDT), Coronel Mocellin (PSL) e Mauricio Eskudlark (PR).

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta