Dissídio do transporte coletivo de Blumenau vai a julgamento

Foto: Marcelo Martins / SECOM Prefeitura de Blumenau

Nesta terça-feira, 12, aconteceu a terceira audiência de conciliação marcada pelo Tribunal Regional do Trabalho, para mediar a negociação da convenção coletiva entre Sindetranscol e Blumob.  E não houve avanços.

Com isso, o Tribunal Regional do Trabalho anuncia que vai julgar a ação, sem determinar data para isso. Enquanto a ação não for julgada, vale a convenção coletiva anterior.

O principal impasse é a exigência do sindicato de incluir na convenção itens que podem ser desconsiderados com a recém aprovada reforma trabalhista.

A diretoria do Sindetranscol estará reunida nesta quarta-feira para avaliar o resultado deste encontro e estará distribuindo informativo na quinta-feira 4, com as orientações para os trabalhadores.

No comunicado para os trabalhadores que li, diz assim: Toda a categoria deve ficar em alerta para possíveis e prováveis mobilizações.

No informe do TRT, diz que a liminar que limita eventuais paralisações está mantida. Obriga a manter 70% da frota rodando em horários de pico e 30% em horários normais.

1 Comentário

  1. Sindicato sugere mobilizações , esperamos que não se transformem em greve , pois a população
    não tem nenhuma responsabilidade sobre os direitos da categoria .

Deixe uma resposta