Dinheiro para o balizamento noturno do aeroporto Quero Quero foi para o espaço

Foto: redes sociais

Usei a metáfora do espaço, pois estamos falando do propalado recurso que viria do Governo Federal para o aeroporto Quero Quero. R$ 500 mil de emenda parlamentar do então deputado federal João Paulo Kleinubing (DEM) e R$ 1 milhão de contrapartida da União, dinheiro cantado em verso e prosa durante o ano passado, em especial no período pré-eleitoral.

Mas a realidade mostrou-se não ser bem assim e mobilizou, pela segunda vez em pouco tempo, o prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt (sem partido). Nesta terça-feira, 14, cumpriu sua principal agenda em Brasília, que era na Secretaria Nacional de Aviação Civil.

Em suas redes sociais, o prefeito disse que a “verba para o balizamento do Aeroporto Quero Quero está comprometida.”

Segue o relato:

“Nossa principal reunião desta terça-feira em Brasília foi na Secretaria Nacional de Aviação Civil. Ex-Deputado João Paulo Kleinübing nos acompanhou no encontro, que debateu a liberação da emenda para o balizamento do Aeroporto Quero-Quero.

O Chefe de Gabinete da Secretaria, Carlos Eduardo Prado, foi quem nos atendeu e a reunião, infelizmente, não teve boas notícias. Houve um erro da Secretaria Nacional, a emenda do Deputado João Paulo não foi empenhada e, de acordo com a equipe da Secretaria Nacional de Aviação Civil, não há como reaver os recursos. Enquanto cidade, vamos buscar os meios legais para viabilizar a liberação desses recursos, que são nosso direito e foram garantidos pelo Governo Federal no ano passado.”

Pois, por isso sempre sou pé atrás nestes anúncios de obras, ainda mais em ano eleitoral.

Um dia ainda farei uma postagem tentando mostrar a quantidade de coisas que é prometida para Blumenau e fica só nas promessas. Para ficar em alguns, cito a duplicação da BR 470, o Complexo Penitenciário, o prolongamento da Via Expressa, as novas creches, as pontes no centro, a revitalização da Margem Esquerda, o Centro de Convenções, etc.

Lembra mais alguma promessa? Não puxei muito pela memória.

3 Comentário

  1. Mas Alexandre… sem as promessas os políticos não vivem e não se elegem.
    Que maldade sua!

  2. Lembro de varias e várias , mas não se espera nada dessa gente , falam somente em campanha , depois possuem desculpas para tudo , e o povo continua votando neles , merecem.

Deixe uma resposta