Bolsonaro deixa o hospital, o Brasil agora tem um presidente e a CPI do rompimento da barragem

Bolsonaro deixa o hospital

Depois de 17 dias internado para a retirada da bolsa de colostomia, o presidente Jair Bolsonaro deixou o hospital nesta quarta-feira (13).

Segundo o último boletim médico, Bolsonaro deixa o hospital “com o quadro pulmonar normalizado, sem dor, afebril, com função intestinal restabelecida e dieta leve por via oral”.

Agora o Brasil tem presidente

Resistentes em deixar o comando do Brasil para o vice “progressista”, Hamilton Mourão, os mais próximos do presidente respiram aliviados, já que agora o Brasil não vai mais ser comandado via WhatsApp e Twitter, e nem por um vice de “esquerda”.

CPI do rompimento da barragem

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM_RJ), determinou a criação de uma CPI para investigar o rompimento da barragem de rejeitos em Brumadinho (MG).

Este foi o primeiro pedido de CPI apresentado na legislatura, pela deputada Joice Hasselmann (PSL-SP). Assinam também como autores os deputados Carlos Sampaio (PSDB-SP) e Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ). O documento tem 194 assinaturas, mais que o número mínimo necessário.

Resumo do Brasil: Bolsonaro deixa o hospital, o Brasil agora tem um presidente e a CPI do rompimento da barragem.

Com informações: G1 e UOL

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta