A “encantada” Ponte Norte-Sul no centro de Blumenau

Nesta semana, mais precisamente quarta-feira, dia 20, completa-se um mês da abertura dos envelopes com os valores apresentados pelas empresas interessadas em construir a Ponte Norte-Sul, que ligará a Rua Itajaí a Rua Paraguay.

Mas até agora nada de uma resposta da Prefeitura. Segundo o secretário de Administração, Anderson Rosa, a Secretaria de Infraestrutura Urbana está analisando as planilhas com as propostas de todas as 15 empresas.

Nos corredores da Prefeitura existe um desconforto com o valor apresentado pela Salfer, a que teve a menor proposta, R$ 15 milhões a menos que o teto previsto no edital. Existe uma avaliação preliminar que, com este valor, a empresa não terá fôlego para executar a obra, mesmo com o reajuste da inflação previsto por conta da demora na licitação.

Outro problema enfrentando são os novos questionamentos do Ministério Público com relação a este edital.

Tem gente próxima ao prefeito Mário Hildebrabdt (sem partido) sugerindo que ele desista da ponte, pois o compromisso era de Napoleão Bernardes (sem partido) e não dele. Diga-se de passagem, Hildebrandt fazia parte do grupo político que defendia a ponte no traçado original, ao lado da Ponte Adolfo Konder.

Será?

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta